Diferenças entre programação Front-end e Back-end

E para garantir que essa estrutura funcione direitinho é que existem as funções de front-end e back-end. A biblioteca de soluções para desenvolvimento de aplicativos e DevOps também conta com várias soluções para seus desafios de desenvolvimento curso de cientista de dados de aplicativos. O desenvolvimento de back-end envolve a criação de uma arquitetura confiável que permita o desenvolvimento de front-end. Os sistemas de back-end armazenam arquivos em servidores diferentes ou em uma CDN.

O back-end se encarrega de todos os processos aos quais usuários não têm acesso direto, mas que tornam as funções de um software ou site possíveis. Todo trabalho administrativo que resultará no bom funcionamento desses sistemas é feito por lá. É no back-end que funções são definidas, bancos de dados são operados e alterações de layout são executadas.

Criação de dicionário Python: aprenda para que serve e como fazer

Um Back-end mantém tudo em segurança, pensando em como o site também irá ser rápido e funcional para os usuários. Apesar disso, o PHP também pode ser utilizado para a
construção de APIs que podem ser acessadas por outros sites e até mesmo
aplicativos mobile. Pessoas de todas as outras áreas em um time de TI podem se beneficiar com o conhecimento dessas áreas essenciais. O app progressivo, ou progressive web apps (PWA), é um site implementado para ser responsivo (adaptável a telas menores) e para oferecer uma experiência semelhante a de um aplicativo. Assim, é como um aplicativo que não precisa ser instalado, mas que envia notificações, pode ser customizado na tela inicial do smartphone e muito mais.

Em uma definição geral, o desenvolvimento mobile cuida da criação de produtos e aplicativos para dispositivos móveis, como celulares e tablets. Como a dinâmica deles é diferente da que temos com os computadores de mesa tradicionais, é necessária uma área de estudos específica, na qual muitas pessoas têm se aventurado. Afinal, segundo o DataReportal para abril de 2021, temos 67,1% da população mundial conectada em smartphones. Por essa razão, vamos navegar um pouco no universo do desenvolvimento mobile. O HTML é uma linguagem de marcação que permite criar a estrutura de um site, com os seus elementos e a hierarquia. Define o posicionamento dos componentes, as cores, os tipos de fonte e outras questões visuais mais estruturais.

Conheça a plataforma Awari

O padrão mais utilizado hoje em dia para criar aplicações web é o SPA (Single Page Application), uma abordagem que melhora substancialmente a experiência do usuário na web. Com a ajuda da GoDaddy, você https://blogdovalente.com.br/noticias/2023/12/curso-de-cientista-de-dados-porque-voce-deve-dar-este-passo/ pode ter seu próprio site sem ter nenhum conhecimento técnico de desenvolvimento web. Além disso, você pode criar páginas com interfaces incríveis também sem a necessidade de ser um craque do design.

  • Cascading Style Sheets — a linguagem CSS — é utilizada para dar estilo às estruturas criadas com o HTML.
  • O desenvolvimento backend sente e se parece com linguagens de algaravia, bancos de dados chatos e processos mágicos que ninguém mais entende a não ser o desenvolvedor.
  • Essa ferramenta foca na resolução rápida de diversos problemas encarados durante o desenvolvimento web, facilitando bastante o andamento das atividades.
  • Seus principais objetivos de desenvolvimento são criar uma arquitetura confiável que execute as funções do aplicativo com precisão e eficiência.
  • Entender conceitos fundamentais de programação pode ser de grande ajuda para a sua estratégia.

Se o que foi digitado combina com o que está salvo no banco, o login é autorizado. Em termos práticos, utilizando o exemplo do formulário de login, o back-end recebe os dados que foram digitados e enviados via rede. Então, ele os processa e verifica se aquelas informações constam no banco de dados da aplicação.